domingo, 19 de outubro de 2014

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

No tempo feliz que estavamos todos vivos

Meu avô chorava a cada natal, eu não entendia ,
era porque ele já tinha perdido parentes muito próximos
Mas pra mim estávamos todos vivos e eu queria abrir os presentes
Meu avô se foi, tias ,avó  bisavó ....
mas de uma forma ou de outra eu estava alegre porque pra mim,
estávamos todos vivos, os que nasciam iam substituindo os que iam embora e assim tem sido
Muitas crianças nasceram e os nossos natais apesar da família pequena nunca faltou criança
uma que fosse sempre tinha alguma
e afinal estávamos todos vivos
A segunda leva de perdas foi da parte do meu marido
sua avó o pai, eram minha família também mas tínhamos as crianças
e os natais seguiam felizes
Os meus filhos cresceram, mas nasceram os da minha irmã
então ainda tínhamos crianças
e ainda estávamos todos vivos
Dei uma pipa pra criança que resta na nossa família
ele tem dez anos e não tenho nenhuma expectativa mais !!
As crianças rarearam e não estamos todos vivos  
 


terça-feira, 14 de outubro de 2014

a espera

 
A garça pousada como se ninguém mais existisse,
a gaivota impassível, esperando algum cardume talvez.
Eu levemente inquieta dentro do terminal turístico
muito barulho; apesar da sala ao lado ser uma aula de libras....
 

domingo, 12 de outubro de 2014