Arquivo do blog

domingo, 4 de dezembro de 2016

Santa Barbara, Iansã


Por que a surpresa?
Hoje é assim
Ventania,
vento,
tempestade;


é dia de Santa bárbara
mesmo em Rio Grande
criança
o vento nos surpeendia
e olha que la 
é Iansã todo o dia!!


O vento sul por aqui
não deixa ninguém sossegar
É um tal de bate janela
de saias a levantar 


Mas se ela a a rainha dos ventos
nada mais a se esperar
salve senhora das tempestades
Proteja 
 os barcos no mar.


Guarde-nos minha senhora
proteja a todos então
que hoje seu dia 
leve pra longe 
as tristezas
pra longe a inveja
nos traga o perdão
a benção senhora dos ventos
nos cubra a todos
com seu manto de
força e transformação.




sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

O cinema

Amo o Ricardo Darín
amo o cinema Argentino
amo o Papa apesar ou talvez por ser espiritualista.
Amo o Julio amigo de longo tempo
esta é a minha relação com a Argentina
Buenos Aires já foi pra mim bem próxima
Houve tempo em que íamos com facilidade
mas isto foi no século passado
Eu era solteira 
Fiz parte do meu enxoval lá
Fico feliz de ser do sul 
Fico feliz de ter estas influencias
esta solidão que só quem é de la sabe como é.
Acabo de assistir mais um bom filme Argentino
Fico grata ao talento dos atores 
grata ao diretor
agradecida pela hora ou mais 
de pura magia e encantamento.
A vida tem sido dura pra nós do sul
Ainda temos a arte pra nos resgatar
tempos de notícias ruins
vejo amor e romance
Inevitável Atração
Não sei diretor
nem atores
mas gostei.




quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

cautelosa


A caminhada de ponta a ponta
batendo na rocha
alongando
mas a Prainha é tão curta
nem vale como exercício.
É o que eu tenho coragem 
depois de tantos sobressaltos
vou 
toco nas pedras;


e volto pra minha praia,
descuidada,
desleixada,
abandonada,
cheia de coisas que o mar devolveu;
este ano nem limpeza temos. 
Como sempre foi 
inverno e verão.
Divido o espaço
com troncos
este que eu sento 
 parece escultura
como se dentro d´ água
se tivesse moldado
deve ser impressão,
não pode ser
uma sereia enterrada;
o sol se esconde 
assim que chego.



Já me avisa que será
entre nuvens a caminhada,
depois de um dia tão quente,
 quase acredito 
no ditado de diz
Deus nem gosta
de trabalhador !!
O sol pontualmente 
se esconde às cinco da  tarde.
Assim como eu 
encontro muita gente, 
cheia de calor e pena
não foi hoje 
quem sabe amanhã?


quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Formando novos praieiros


O pai desceu da bicicleta 
retirou o pequenino
da cadeirinha
vestia
short, camiseta
caminhar inseguro,
mas foi direto pra a beira da praia,
o pai então tirou a camiseta
o pequeno seguia tropeçando em direção água,
despiu então a bermudinha, 
só de fraldas la foi ele,
se hesitar,
para o mar
e da la não saiu;
caiu, 
bebeu água,
rolou,
o pai no controle.
Nasceu ali mais um apaixonado 
pela nossa praia.
Em volta 
corriam outras crianças pequenas
pá, balde, regador,
fazendo amizade;
brincando sem parar.
adolescentes batendo uma bola
e o surf sempre pra todas as idades.
Senhores chegando
alongando os cinquentões
já entram pra água;
pelo menos umas cinco gerações.
Em completa sintonia
perfeita harmonia,
com a nossa esquina
tanta gente pequena 
e as veteranas de tantos verões
Anna e eu 
encantadas felizes contentes
e lá se foi o dia .....



Neusa


Longe que que gostaria que ficasse
Longe também dos arremates que a aniversariante merece!
Mas com dedicatória sincera
Neusa
alegria que contagia
a facilidade de transformar
o complicado em simples
O poder de agregar, unir com seus quitutes e bom humor.
Desejo que suas inúmeras qualidades a impulsionem
e que alcance todos os seus objetivos de vida
saúde Neusinha
parabéns.
beijos 
Fernanda
( técnica mista intervenção em uma foto impressa por Jeanine
em impressora a laser gentilmente emprestada
pela Janice grata pela ajuda, foto tirada quase a força por mim)

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Na boca do rio


Dois lances 
o mesmo pescador
eu esperando 
caminhando a Enseada
até a foz do rio
a água tão limpa 
temperatura perfeita
mas eu nunca me banho ali
as crianças brincando
passavam quase dançando
felizes
clima perfeito
dizem que vai mudar
o mar perfeito
as redes diáfanas
difícil de captar;
caminho cantarolando.
Menos de uma hora
acabou.